SOLUÇÕES

PARA

OLÁ,

SOMOS A BIZ

Surgimos em 2016 com o propósito de gerar soluções de comunicação em assessoria de imprensa, gerenciamento de redes sociais e produção de conteúdo.

O envolvimento da comunicação integrada em seu negócio é garantia de inovação, otimiza a relação da sua marca com clientes e abre novas perspectivas de mercado. Acreditamos que trabalhar de forma integrada é a melhor solução para obter resultados por meio de estratégias, amplificando as experiências entre marcas e pessoas.

6 anos

Experiência

175

Clientes felizes

247

Projetos realizados

SOLUÇÕES

Assessoria de Imprensa

Projete a imagem do seu negócio na mídia com ajuda de uma equipe de profissionais especializados, através de estratégias criativas, que garantirão um relacionamento mais próximo com os principais veículos de imprensa.

Gerenciamento de Redes Sociais

Ganhe visibilidade onde seu negócio pode conquistar mais espaço, se relacionando da melhor maneira com o seu público e criando vínculos estrtégicos. Além da produzir conteúdo para redes sociais a gestão desses perfis mantém o público engajado.

Produção de Conteúdo

Criação de conteúdos inteligentes com capacidade de alinhar os interesses do público com os produtos da sua marca de maneira assertiva. Seja legendas para redes sociais, artigos, reportagens ou textos para sites, blogs, landing pages ou ebooks.

NOTÍCIAS

Arte Sintonia Companhia de Teatro completa 23 anos com musical sobre racismo estrutural

 

A Arte Sintonia Companhia de Teatro completa 23 anos neste ano com o lançamento do espetáculo infantojuvenil “Dandara na Terra dos Palmares”. O texto inédito do autor Antônio Marques, que aborda o racismo na escola e resgata ancestralidade dos negros no Brasil, é dirigido por Agamenon de Abreu e segue em cartaz aos sábados e domingos de maio, às 16h, no Teatro Sesi Rio Vermelho.


Há mais de 20 anos, a Arte Sintonia Companhia de Teatro desenvolve um trabalho de pesquisa e práticas teatrais e mantém como base dos seus projetos espetáculos musicais de autores brasileiros e histórias de grandes personalidades. Uma das únicas companhias soteropolitanas que se dedica ao trabalho do teatro musicado, a Arte Sintonia Companhia de Teatro traz, no seu repertório, musicais para públicos de todas as idades e busca homenagear personalidades negras brasileiras, tornando-se um grupo especializado em produções desse tipo.


A Arte Sintonia coleciona oito musicais, dos quais três são dedicados ao público infantojuvenil, com destaque para os infantis “H2ópera” (2009), do autor baiano Luiz Sérgio Ramos, e “Legal, tchan, tchan, tchan!”, indicado por duas vezes ao Prêmio Braskem de Teatro 2013, nas categorias “Melhor Espetáculo Infantojuvenil” e “Revelação”.


A companhia mantém como base dos seus projetos espetáculos musicais de autores brasileiros e histórias de grandes personalidades. Uma das únicas companhias soteropolitanas que se dedica ao trabalho do teatro musicado, a Arte Sintonia Companhia de Teatro traz, no seu repertório, musicais para públicos de todas as idades.


O espetáculo


A montagem conta a história de Dandara, uma sábia criança negra, que não gosta de seu nome por sofrer bullying na escola, onde os colegas lhe chamam de escrava. Revoltada com as piadas agressivas, Dandara simula estar doente para não ir às aulas.


O espetáculo conta com canções originais de Emille Lapa e Natalyne Santos e, no elenco, com as atrizes mirins Maria Alice Xavier (ex-The Voice Kids) e Yandra Góes; os atores da companhia, Denise Correia, Gilson Garcia e Leonardo Freitas além dos atores convidados Diogo Lopes Filho e Natalyne Santos.


Os ingressos poderão ser adquiridos por meio do Sympla (https://www.sympla.com.br/artesintonia) ou no local, no dia da apresentação, por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).


Com a flexibilização dos protocolos de segurança, o uso de máscara é opcional dentro do teatro, sendo obrigatória e indispensável a comprovação vacinal com o mínimo de duas doses para maiores de 11 anos. 


Ficha técnica: 

Texto e produção: Antônio Marques

Direção artística, cenário e figurinos: Agamenon de Abreu

Canções, arranjos e direção musical: Emille Lapa e Natalyne Santos

Direção de movimento: Cristiane Florentino

Encenação: Maria Alice Xavier, Yandra Góes, Denise Correia, Gilson Garcia, Leonardo Freitas, Diogo Lopes Filho e Natalyne Santos

Preparação vocal: Manuela Rodrigues

Iluminação e operação de luz: Luciana Liege

Vídeo e fotografia: Anderson Soares

Áudio mídia: Lívia França 

Concepção de maquiagem: Lívia França e Agamenon de Abreu

Adereços: Agamenom de Abreu, Zoíla Barata, Sueli Garcia, Ricardo Vieira, Natalyne Santos e Gilson Garcia

Crochês: Maria da Paz

Cenotecnia e costura de cenário: Agnaldo Queiroz, Adriano Passo, Cássio Vieira (Tomate) e George Santana

Modelagem e costura: Guida Maria e Lucinha Lopes

Aquarela de Dandara: Agamenon de Abreu

Assessoria jurídica: Arlane Abreu

Assessoria de imprensa: Biz Comunicação Integrada


Serviço

Espetáculo “Dandara na Terra dos Palmares”

Data: Até 29 de maio (sábados e domingos)

Horário: 16h

Local: Teatro Sesi Rio Vermelho

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Vendas: Sympla (https://www.sympla.com.br/artesintonia) ou no local, no dia da apresentação

Classificação: Livre

Informações: (71) 99269-8274

Especialista dá dicas de como evitar manchas, foliculite e oleosidade em pele negra


Apesar de a pele negra possuir maior quantidade de melanina e colágeno, mantendo-a mais firme e retardando o envelhecimento, ela necessita de tantos cuidados quanto às peles mais claras. Ainda que elas sejam mais resistentes ao sol, comparadas às pessoas com fototipos inferiores, estão mais suscetíveis a manchas, foliculite, queloide e até oleosidade.


De acordo com Maria Hartmann, especialista em estética e diretora da Clínica Hartmann, a pele de mulheres negras costuma manchar com mais facilidade devido à quantidade de melanina presente na região cutânea. Essa mesma proteína produz pigmentos amarronzados na pele e, dessa forma, irritações, como foliculite, podem ocasionar escurecimento em diversas partes do corpo.


Para combater a foliculite definitivamente, a depilação com laser de diodo é a mais recomendável. A indicação de especialistas é que a região corporal atingida seja esfoliada pelo menos uma vez a cada oito dias como forma de contribuir com o tratamento. Maria Hartmann destaca que também existem produtos à base de ácidos, no entanto, é recomendado pela especialista que a paciente comece a se tratar assim que os primeiros sintomas aparecerem para evitar escurecimento ou manchas na pele.


Assim como qualquer outra pele, a negra também precisa de proteção contra os raios solares em distintas épocas do ano. O filtro precisa ser aplicado para que não haja ocorrência das tão temidas manchas escuras provocadas pelo sol. Para a especialista em estética, há a necessidade de uma higiene adequada para o controle de oleosidade, pois, além de produzir mais sebo, resseca com mais facilidade, ganhando um tom esbranquiçado. A hidratação de partes do corpo, como axila, virilha, cotovelo e joelho é fundamental, aconselha Maria Hartmann.


Algumas queixas, como espinhas e manchas provenientes da exposição ao sol, são muito recorrentes. Essas marcas surgem muitas vezes porque há atividade maior das glândulas sebáceas e de bactérias, deixando resquícios de hiperpigmentação.


Para evitar as marcas escuras e o encravamento precoce, mulheres de pele negra podem recorrer a procedimentos seguros e eficazes, como peelings e depilação à laser. No entanto, “essas técnicas devem ser feitas por profissionais especialistas para que não haja riscos de queimaduras, manchas e cicatrizes”, alerta Maria Hartmann.

Márcia Short homenageia as mulheres com show ‘Flores de Maio’ no Pelourinho


A cantora Márcia Short faz uma homenagem às mulheres no dia 26 de maio, às 20h30, no Largo Quincas Berro D’Água, no Pelourinho, com o show “Flores de Maio”, que conta com participação especial da Banda Didá e da violonista e cantora Marília Sodré.

 

O evento levará ao palco artistas femininas com representatividade na luta pelos direitos das mulheres, ecoará motes que combatem o feminicídio, o racismo e a sua estrutura que ainda estão presentes na sociedade. 

 

As artistas farão uma homenagem especial às mulheres empoderadas, que conquistaram o protagonismos dos seus próprios destinos ao ocuparem postos de trabalho de destaque na sociedade que historicamente eram ocupados por pessoas do sexo masculino e quebrarem tabus.

 

O show mistura vários ritmos musicais, com a versatilidade e os sucessos da cantora. No repertório, canções que permearam seus últimos discos e projetos além de versões atuais de artistas como Djavan, Dorival Caymmi e Elis Regina. O projeto conta com patrocínio da Bahiagás.

 

Serviço

Show “Flores de Maio” com Márcia Short + Banda Didá e Marília Sodré

Data: 26 de maio (quinta-feira)

Horário: 20h30

Local: Largo Quincas Berro D’Água - Pelourinho

Gratuito

Precisa de um orçamento?

CONTATO