SOLUÇÕES

PARA

OLÁ,

SOMOS A BIZ

Surgimos em 2016 com o propósito de gerar soluções de comunicação em assessoria de imprensa, gerenciamento de redes sociais e produção de conteúdo.

O envolvimento da comunicação integrada em seu negócio é garantia de inovação, otimiza a relação da sua marca com clientes e abre novas perspectivas de mercado. Acreditamos que trabalhar de forma integrada é a melhor solução para obter resultados por meio de estratégias, amplificando as experiências entre marcas e pessoas.

5 anos

Experiência

155

Clientes felizes

217

Projetos realizados

SOLUÇÕES

Assessoria de Imprensa

Projete a imagem do seu negócio na mídia com ajuda de uma equipe de profissionais especializados, através de estratégias criativas, que garantirão um relacionamento mais próximo com os principais veículos de imprensa.

Gerenciamento de Redes Sociais

Ganhe visibilidade onde seu negócio pode conquistar mais espaço, se relacionando da melhor maneira com o seu público e criando vínculos estrtégicos. Além da produzir conteúdo para redes sociais a gestão desses perfis mantém o público engajado.

Produção de Conteúdo

Criação de conteúdos inteligentes com capacidade de alinhar os interesses do público com os produtos da sua marca de maneira assertiva. Seja legendas para redes sociais, artigos, reportagens ou textos para sites, blogs, landing pages ou ebooks.

NOTÍCIAS

Com leitos de UTI lotados, variantes podem ter aumentado número de contágios e mortes na Bahia

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou que o Sistema Único de Saúde (SUS) vive o momento mais crítico desde o início da pandemia do novo coronavírus e registrou ocupação de mais de 80% dos leitos de UTI em pelo menos 17 capitais do país. De acordo com o boletim emitido pela Fiocruz, o Brasil tem uma média de 46 mil casos, valor mais elevado que o verificado em 2020, e média de 1.020 mortes por dia ao longo das primeiras semanas de fevereiro. Desde então, “nenhum estado apresentou tendência de queda no número de casos e óbitos”, diz o documento.


Na Bahia, 1.666 leitos estão com pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação geral de 74%. As vagas destinadas a adultos em atendimentos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) chegam a 84% de ocupação. A taxa de ocupação dos leitos de UTI pediátrica é de 72%. Em Salvador, a taxa de ocupação geral é de 84%. A taxa de ocupação da UTI adulto é de 85% e a pediátrica 74%. 


O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) e a Vigilância Epidemiológica do estado da Bahia confirmaram que variantes do novo coronavírus, com origens diferentes já circulam no estado. A mesma linhagem do SARS-CoV-2 (Covid-19), presente em Manaus, a B.1.1.7, originalmente detectada no Reino Unido, e uma cepa peruana da SARS-CoV-2, C. 14, estão em circulação na Bahia. Duas dessas variantes são consideradas mais contagiosas e letais. A cepa peruana, no entanto, ainda é observada para confirmar se pode ser mais agressiva ou tem uma taxa maior de contágio.


Angelina de Oliveira, especialista em Saúde Pública e diretora da Padrão Enfermagem Salvador, alerta para os cuidados necessários para conter o contágio após o aumento expressivo de casos de Covid-19 na Bahia e a descoberta de diferentes variantes do vírus circulando no estado. “É preciso reforçar urgentemente as medidas de proteção e prevenção contra a Covid-19. Não aglomerar e evitar sempre retirar a máscara enquanto estiver na presença de outras pessoas, além do uso do álcool em gel, é uma das garantias para se evitar a contaminação pelo vírus.


Ainda de acordo com a especialista, a reclusão é uma medida necessária neste momento e a única forma eficiente para diminuir o número de contágio e mortes no Estado e no país. Angelina de Oliveira acredita que o aumento de casos graves esteja atrelado a disseminação das novas cepas. “Sabemos que há cepas circulando no estado que são mais transmissíveis e agressivas. É possível observar também que a faixa etária dos que sofrem com casos graves diminuiu: pessoas de 30, 40 e 50 anos estão nas UTIs”, pontuou.


Apesar das 129,5 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca já estarem na Bahia, ainda não foi divulgado quando será feita distribuição e a quantidade reservada para os municípios. A subsecretária de Saúde da Bahia, Tereza Paim, afirmou que as doses serão distribuídas paro os Núcleos Regionais de Saúde, que faz o envio para os municípios. A previsão é que mais 79, 2 mil doses da vacina CoronaVac sejam disponibilizadas ainda no mês de março. 


Para a especialista em saúde pública, a vacina deve ser prioridade na pandemia com a explosão e novos casos. “A importância da vacina deve ser uma questão central na crise tratada como prioridade neste momento em que o país atravessa, pois é único tratamento possível para a Covid-19”, diz Angelina de Oliveira.


Sobre a Padrão Enfermagem Salvador


A Padrão Enfermagem Salvador oferece serviços que vão de procedimentos pontuais, como administração de medicamentos, monitoramento de sinais vitais e testes de glicose; passando pelo acompanhamento integral com cuidadores de crianças e idosos que, além de tratar da saúde dos pacientes, auxiliam com tarefas de higiene e fazem companhia no dia a dia; até um trabalho efetivo de enfermagem e acompanhamento hospitalar para quadros de maior complexidade.


Há mais de dez anos no mercado, a Padrão Enfermagem é a maior rede de franquias do Brasil em seu segmento, oferecendo o melhor custo-benefício do mercado e com suporte de atendimento 24 horas por dia, por meio de central de atendimento. Em Salvador, a Padrão Enfermagem fica localizada na Rua Itatuba, nº 201, Ed. Cosmopolitan Mix, salas 309/310 - Parque Bela Vista. Maiores informações podem ser obtidas por meio do telefone (71) 99636-7676.

Labcenas promove valorização e intercâmbio entre profissionais da área técnica das artes cênicas


O Labcenas (Laboratório de Tecnologias para a Cena) propõe um circuito de formação, debate, pesquisa e difusão de conhecimentos que envolve áreas técnicas das artes cênicas. Em sua primeira edição, o projeto promoverá uma série de atividades gratuitas on-line durante o mês de março, como mesas de diálogos, oficinas e o lançamento de uma revista digital.


O projeto surge da necessidade de pautar a importância das áreas técnico-criativas e de seus trabalhadores para a produção artística, além de suscitar o fomento ao campo das tecnologias aplicadas às artes. “Em consonância com outras iniciativas nacionais, o Labcenas atende a uma deficiência histórica no acesso à informação, capacitação e produção de conteúdos para as áreas técnicas do fazer artístico, no estado da Bahia”, comenta Moisés Victório, um dos diretores do projeto.


Todas as segundas de março, às 19h, ocorrerá o Labfórum, espaço para discussão de assuntos do universo da técnica nas artes, on-line no YouTube. Ao envolver uma rede de mais de 30 profissionais atuantes no campo técnico na Bahia e em outros estados, cada encontro tratará de temas como virtualização dos espaços culturais, a centralização do mercado teatral em Salvador, questionamento sobre os espaços ocupados pelos profissionais negros na cena teatral baiana, a importância da escuta e diálogo no processo criativo da iluminação cênica e o mercado da cenografia.


Ao produzir espaços para intercâmbios, reciclagens e aprimoramentos entre profissionais iniciantes e experientes, serão ministradas, ao longo de março, seis oficinas, que visam buscar a capacitação e aprimoramento dos profissionais técnicos nos campos da sonorização, iluminação, maquiagem, autogestão e coordenação técnica.


O projeto lança ainda a primeira edição da Revista Labcenas, publicação digital que nasce do desejo de reparar e amplificar na discussão sobre as artes cênicas as vozes e conhecimentos dos profissionais das áreas técnicas que ganharam, ao longo da história, sub-representação em publicações do campo de domínio das artes. O Labcenas convida a comunidade de profissionais das áreas técnicas e linguagens afins a submeterem contribuições em diferentes formatos de texto, imagem e vídeo em torno do tema "Construções de avessos - Reflexões e maquinações sobre a técnica nas artes".


A convocatória para envio de textos ficará aberta até dia 28 de fevereiro, por meio do site www.bogum.com.br/revista-labcenas. A programação completa do projeto e as inscrições para as oficinas estão disponíveis no site www.bogum.com.br/labcenas.


Uma realização da Bogum Ambiente Criativo e da Multi Planejamento Cultural, o Labcenas tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


PROGRAMAÇÃO

Informações e inscrições: www.bogum.com.br/labcenas


OFICINAS

Iluminação - Programação Básica para a Estrada

Dias: 1º/3 a 31/3

Carga horária: 24h

(Oficina no modelo de autoaprendizagem, com tutoria em grupo de WhatsApp) Com Fábio Faziolli (Xuxa) - CE


Luz, câmera, ação! - Maquiagem e o audiovisual

Dias: 1º, 2 e 3/3, 9h às 12h (segunda e terça-feira), das 10h às 12h (quarta-feira)

Carga horária: 8h

Com Nayara Homem


Áudio na cena: Por onde começar?

Dias: 4 e 5/3, 8 e 9/3, das 10h às 12h

Carga horária: 8h

Com Caetano Bezerra - BA


Iluminação - Plano de luz e roteiro

Dias: 8, 9 e 10/3, das 8h às 10h

Carga horária: 6h

Com Fernanda Mascarenhas - BA


Coordenação Técnica - Agente mediador

Dias: 12 e 13/3, das 9h às 13h

Carga horária: 8h

Com Moisés Victório - BA


Autogestão - Estratégias para o mercado profissional

Dias: 15, 16 e 17/3, das 9h às 12h

Carga horária: 9h

Com Ana Paula Vasconcelos - BA


LABFÓRUM

Segundas-feiras de março, às 19h

No canal no YouTube da Bogum Ambiente Criativo

http://bit.ly/labforum

 

Teatro na Tela - A virtualização dos Espaços Culturais

Dia: 1º/3, às 19h

Mediador - Gordo Neto (Casa Preta) – Salvador - BA

Hendye Gracielle (Cazazul) - Vitória da Conquista - BA

Romualdo Lisboa (Tenda Teatro Popular de Ilhéus) – Ilhéus - BA

Maurício Assunção (Teatro Gamboa Nova) – Salvador - BA


Teatro Baiano - Que Mercado É Esse?

Dia: 8/3, às 19h

Mediador - Caboclo de Cobre

Marcos Fernandes - Porto Seguro - BA

Nando Dias – Caetité - BA

Rayza Lélis - Vitória da Conquista - BA


Repensando o Teatro - Em que cena estamos?

Dia: 15/3, às 19h

Mediador - Moisés Victório

Maria Carla – Salvador - BA

Nando Zâmbia – Alagoinhas - BA

Saraí Reis – Salvador - BA

Fábio Osório – Salvador - BA


A importância da escuta e diálogo no processo criativo da iluminação cênica

Dia: 22/3, às 19h

Mediadora - Lu Melo Franco - Ouro Preto - MG

Larissa Lacerda – Salvador - BA

Natasha Leite – Belém - PA


Cenografia - Tem mercado na Bahia?

Dia: 29/3, às 19h

Mediador - Fred Alvin

Renata Mota – Salvador - BA

Ana Kalil – Salvador - BA

Agamenon de Abreu – Salvador - BA

Deilton José – Salvador - BA

Mesmo após a vacinação, cuidados com idosos na pandemia devem permanecer

Pesquisadores do Comitê de Saúde da Pessoa Idosa da Fiocruz defendem que a vacinação contra a Covid-19 deve ser prioritária para pessoas idosas com limitações funcionais e seus cuidadores. Para especialistas, a pandemia evidenciou a importância do cuidador na rotina dos idosos, especialmente, nos momentos em que é necessário auxiliá-los em atividades cotidianas. Pessoas com idade avançada encontram dificuldade muitas vezes em garantir a própria higiene além de precisarem ser incentivadas a realizarem atividades motoras e intelectivas.

 

A imunização com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 neste momento é direcionada a idosos por fazerem parte do grupo prioritário. Mesmo com a vacina disponibilizada a essa parcela da população, autoridades de saúde do país alertam para que os protocolos de prevenção contra a disseminação do vírus sejam mantidos e o cuidador tem o papel de garantir esses cuidados no dia a dia dos idosos.

 

Angelina Oliveira, especialista em Saúde Pública e diretora da Padrão Enfermagem Salvador, enfatiza que não é hora de se descuidar. “É importante ressaltar que, mesmo após tomar a primeira dose da vacina, os cuidados de proteção e prevenção contra o vírus devem permanecer”. A especialista ainda explica que a resposta imunológica ao vírus ocorre dentro de algumas semanas após a primeira dose da vacina, sendo necessária uma segunda injeção após 14 dias a depender do imunizante.

 

Embora haja determinadas particularidades a depender da vacina, o mecanismo geral de funcionamento de um imunizante costuma ser sempre o mesmo. É introduzido no corpo um antígeno que produz uma resposta imunológica para que o organismo humano esteja preparado para enfrentar uma possível infecção no futuro. A pessoa vacinada, portanto, só estará realmente protegida depois de algumas semanas, explicam cientistas.

 

O comitê da Fiocruz ainda defende que idosos com limitação da capacidade funcional sejam considerados prioridade independentemente de sua faixa etária e destaca a necessidade da vacina para os cuidadores de idosos que atuam nos domicílios.

 

De acordo com a nota emitida pela Fiocruz, no Brasil, existem 5,2 milhões de idosos que necessitam de ajuda para as suas atividades da vida diária. Em pelo menos 80% dos casos, o cuidado é prestado por algum familiar e, em 20%, o cuidado é prestado por uma cuidadora. Estima-se, portanto, que cerca de 4,2 milhões de familiares cuidam de idosos e 1 milhão de cuidadores sejam contratados ou remunerados.

 

A nota destaca ainda que a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS 2013) identificou que 6,8% dos idosos possuía algum tipo de limitação para a realização das atividades básicas da vida diária e 17,3% para as atividades instrumentais da vida diária.

 

Em 2020, a Convid Pesquisa de Comportamentos, feita no contexto da pandemia, mostrou que em 8% dos domicílios brasileiros havia pelo menos um idoso que necessitava de ajuda para as suas atividades da vida diária. O inquérito Estudo Longitudinal de Saúde dos Idosos Brasileiros (ELSI Brasil), realizada entre 2019 e 2020, mostrou níveis similares à PNS: 16,6% dos idosos têm comprometimentos de saúde ou limitações a tal ponto que necessitam de ajuda para realizar as atividades básicas ou instrumentais da vida diária.

 

No Brasil, existe uma demanda crescente por cuidadores associada ao envelhecimento da população. O documento divulgado pela Fiocruz trouxe dados da Pesquisa Nacional de Saúde de 2013, a qual apontava que cerca de 24% dos idosos possuía alguma incapacidade funcional. Muitas vezes, os familiares têm dificuldade em lidar ou até mesmo de entender o processo de envelhecimento e precisam buscar ajuda profissional de um cuidador. “Essa necessidade cresce a cada dia e é identificada em milhares de lares brasileiros que possuem idosos que precisam de cuidados adequados”, adverte Angelina Oliveira.

 

Sobre a Padrão Enfermagem Salvador

 

A Padrão Enfermagem Salvador oferece serviços que vão de procedimentos pontuais, como administração de medicamentos, monitoramento de sinais vitais e testes de glicose; passando pelo acompanhamento integral com cuidadores de crianças e idosos que, além de tratar da saúde dos pacientes, auxiliam com tarefas de higiene e fazem companhia no dia a dia; até um trabalho efetivo de enfermagem e acompanhamento hospitalar para quadros de maior complexidade.

 

Há mais de dez anos no mercado, a Padrão Enfermagem é a maior rede de franquias do Brasil em seu segmento, oferecendo o melhor custo-benefício do mercado e com suporte de atendimento 24 horas por dia, por meio de central de atendimento. Em Salvador, a Padrão Enfermagem fica localizada na Rua Itatuba, nº 201, Ed. Cosmopolitan Mix, salas 309/310 - Parque Bela Vista. Maiores informações podem ser obtidas por meio do telefone (71) 99636-7676.

Precisa de um orçamento?

CONTATO